Brasil

Dia Olímpico será celebrado em 23 de junho entre expectativa e preocupação

Comemorado em 23 de junho, o Dia Olímpico acontece neste ano às vésperas de uma situação inédita na história dessa competição: os Jogos de Tóquio, previstos inicialmente para o ano passado, serão realizados com atraso devido à pandemia de covid-19.

Foi logo após outro momento de dificuldade para a competição — a Segunda Guerra Mundial, que levou ao cancelamento dos Jogos de 1940 e 1944 — que surgiu a ideia do Dia Olímpico: em 1947, a sugestão de criar a data foi apresentada pela primeira vez por um membro do Comitê Olímpico Internacional (COI) da antiga Tchecoslováquia. A aprovação da ideia aconteceu no ano seguinte. A data de 23 de junho é uma homenagem ao dia da fundação do COI, em 1894, em Paris.

A data é dedicada a eventos culturais e esportivos para promoção dos valores olímpicos no mundo inteiro — valores que dizem respeito a todos, sem distinção de idade, gênero ou origem social. Desde 1987 o Dia Olímpico é especialmente associado à realização de corridas comemorativas em diversos países. No ano passado, as restrições a eventos coletivos e a necessidade de distanciamento social, como forma de prevenção contra a covid-19, mudaram a programação do Dia Olímpico, que se concentrou em uma série de ações digitais.

Devido à pandemia, a abertura das Olimpíadas de Tóquio, originalmente prevista para 24 de junho de 2020, foi transferida para 23 de junho de 2021 (quando se celebra o Dia Olímpico). Entre as novidades previstas estão a inclusão dos seguintes esportes entre as modalidades olímpicas: beisebol, escalada, caratê, skate e surfe. Serão adotadas uma série de medidas de segurança sanitária — por exemplo: não será permitida a entrada de torcedores de fora do Japão. Os Jogos Olímpicos de Tóquio vão se estender até 8 de agosto. Os Jogos Paralímpicos, por sua vez, serão realizados entre 24 de agosto e 5 de setembro.

A vacinação dos atletas e da equipe técnica, ainda que não seja exigida para a participação nos Jogos, é recomendada pelo COI e já está sendo promovida pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) e pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). Segundo o COB, a vacinação dos esportistas brasileiros que vão a Tóquio começou em 14 de maio, no Rio de Janeiro, em ação conjunta dos ministérios da Defesa, da Saúde e da Cidadania (espera-se que sejam imunizados cerca de 1.800 pessoas, entre atletas e credenciados). Em sua 23ª participação em Olimpíadas, o Brasil deverá levar ao Japão cerca de 270 atletas olímpicos e 230 atletas paralímpicos.

Fonte: Agência Senado

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo