Turismo

Administração de Fernando de Noronha flexibiliza restrições na ilha

Desde a última terça-feira (6/7), as atividades não essenciais em Fernando de Noronha tiveram liberação de funcionamento ampliada. O anúncio foi feito durante a coletiva de imprensa do Governo do Estado. Entre as principais mudanças, estão a extensão do horário de atendimento nos bares e restaurantes, das 22h para 0h, e a liberação de voz e violão em  horários pré-determinados. A utilização de música ao vivo nos estabelecimentos estava proibida para evitar aglomerações.

A portaria 27/2021 da ATDEFN informa que passa a ser permitida música ao vivo, apenas com voz e violão, nos bares e restaurantes, entre 12h e 14h, e entre  17h e 21h, sendo proibido qualquer outro tipo de instrumento com uso de eletricidade ou bateria, bem como caixas de som de alta potência.

A flexibilização das atividades foi possível considerando que a ilha tem avançado na imunização, com 99% da população adulta vacinada com a primeira dose e 20% já imunizada com as duas doses. A expectativa é de que, até o fim de julho, 49% da população adulta tenha recebido as duas doses da vacina contra a Covid-19.

“Esse é um momento feliz para toda a nossa comunidade. O que vivemos hoje é resultado de todo um esforço coletivo desde o início da pandemia. Tivemos que adotar medidas duras de restrições econômicas, mas a população compreendeu e colaborou em todas as decisões. Somos a localidade com maior índice de vacinação do estado e, com isso, podemos ter uma flexibilização mais ampla do que o que vem sendo praticado no continente. De forma gradativa, seguiremos fazendo o possível para liberar as atividades que ainda estão com restrições. Lembrando que nossa preocupação sempre será garantir a segurança dos moradores, trabalhadores e visitantes da ilha”, explica o administrador de Fernando de Noronha, Guilherme Rocha.

Seguindo o plano de convivência do Governo do Estado, eventos sociais e corporativos estão liberados com capacidade limitada. No caso dos eventos sociais, são permitidas 50 pessoas ou 30% da capacidade do local (o que for menor), com proibição de música ao vivo. Os eventos corporativos podem ser realizados para até 100 pessoas ou 30% da capacidade do local (o que for menor), sendo também vedada a música ao vivo

“Noronha vem seguindo um protocolo diferenciado. Sua população adulta conta com 99% de vacinados com a primeira dose, e os turistas que chegam à ilha estão negativados no exame PCR. Ficamos muito felizes com a flexibilização, o que ajudará a economia local e, incentivará para um aumento na procura pelo destino, já que os viajantes buscam nesta retomada destinos seguros e com protocolos sanitários seguros”, comenta o secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco, Rodrigo Novaes.

 Festas e shows continuam proibidos na ilha. Também permanece vedado o funcionamento das atividades não essenciais no horário compreendido entre 0h e 5h.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo